ADCE e Jornal OVALE: Leia nossa coluna

ADCE e Jornal OVale: Leia nossa coluna 📰

🗓 08/08/2019

Diretor de Esportes: WILSON GOMES
Matéria: LUCAS TAVARES


JUDOCAS DA ADCE SE DESTACAM E DISPUTAM MUNDIAL E SUL-BRASILEIRO
Sensei e coordenador do Judô da ADCE, Sidney Fukayama, avaliou a prática do esporte na ADC EMBRAER e falou sobre os desafios no mundial; Lavínia, de 9 anos, comentou sobre suas 47 medalhas e os próximos desafios.

Nos últimos anos, a ADC EMBRAER tem se tornado uma das potências do judô paulista em âmbito regional e estadual. Com diversas medalhas e troféus em várias competições, o Judô tem sido uma das principais procuras dos pais e associados da ADCE.

Tudo isso porque, desde 2016, com a chegada da nova diretoria, a modalidade recebeu um novo olhar e passou a evoluir de forma rápida e eficaz. Segundo o coordenador e sensei, Sidney Fukayama, a entidade multiplicou o quadro de alunos.
“Quando eu comecei em 2016, junto com a chapa Nova Geração, eram seis alunos e, no final do primeiro ano, já contávamos com 70. O número só foi aumentando. Agora, contamos com cerca de 150 alunos”, relembrou.
“O judô é um esporte educativo, onde a gente desenvolve respeito, disciplina e há a convivência da criança com certas regras. Isso chama a atenção dos pais”, disse.
Os alunos da ADCE, inclusive, têm se destacado nas competições que disputam, segundo revelou a também sensei da ADCE, Mariá Pereira.

“No último campeonato, uma sensei me falou sobre como os atletas da ADCE, que ainda estão participando dos festivais, estão melhorando a cada dia. Os professores estão nos dando esse retorno positivo”, contou.
Para conquistar a confiança das crianças, Sidney explicou que busca inspirá-las, mostrando as conquistas realizadas pelos senseis da ADCE.

Somente em 2019, o judoca foi medalhista de bronze no Pan-Americano em Lima, no Peru, e garantiu recentemente o vice-campeonato brasileiro de Kata, realizado no dia 20 de julho, em Natal (RN).

“Toda vez que eu vou para algum campeonato, volto com uma medalha e trago para as crianças verem. Aí, a gente começa a conquistar a confiança delas e dos pais”, revelou o sensei, que deve representar a ADC EMBRAER no Mundial, que será realizado na Coréia do Sul, em setembro.
“A expectativa desse ano é trazer uma medalha para o Brasil. Os principais países são Japão e França, que estão sempre no pódio, mas acho que dá para brigar por uma medalha”, concluiu.


📍 REVELAÇÃO.
Uma das promessas do judô da ADCE, a atleta Lavínia Gaspar quer alçar voos maiores.
Com 47 medalhas em três anos praticando o esporte, a jovem judoca de 9 anos já conquistou sete medalhas só neste ano.
A mais recente delas foi no Campeonato Paulista de Judô, disputado em Vargem Grande do Sul (SP), onde ela garantiu a medalha de bronze — a primeira entre os alunos da ADCE.


📍MEETING.
Agora, o próximo compromisso da Lavínia é o Meeting Sul-Brasileiro, que acontece em Blumenau (SC), entre os dias 1 e 3 de novembro, e reunirá judocas dos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina
e Rio Grande do Sul.


📍COPA OZIRES SILVA DE JUDÔ.
Para as competições, os atletas da ADCE poderão se preparar ainda neste mês. No próximo dia 25, Delegacia Regional de Judô da RMVale realiza a primeira edição da Copa Ozires Silva de Judô. O evento vai acontecer no Ginásio Poliesportivo da ADC EMBRAER.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.